Nuvem: confira 22 vantagens para hospedar seu servidor

Custos altos dos servidores, mão de obra, manutenção e espaço físico são alguns dos pontos que se deve prever para ter um servidor físico na sua empresa.  Migrar para Nuvem ainda é um mistério para muitos, visto que, somos acostumados a acreditar no que estamos vendo e, um servidor dentro da sua empresa, dá uma sensação de que tudo esta controlado. Para você que tem muitas dúvidas se realmente vale a pena, reunimos todas as vantagens da Nuvem.

servidor-na-nuvem

  1. Gerenciamento centralizado.
  2. Instalações simplificadas.
  3. Facilidade para a execução de backups.
  4. Suporte e manutenção simplificados.
  5. Independência de Hardware.
  6. Disponibilização de novos servidores fica reduzida para alguns minutos.
  7. Migração de servidores para novo hardware de forma transparente.
  8. Maior disponibilidade e mais fácil recuperação em caso de desastres.
  9. Compatibilidade total com as aplicações.
  10. Economia de espaço físico.
  11. Economia de energia elétrica utilizada em refrigeração e na alimentação dos servidores.
  12. Segurança: Usando máquinas virtuais, pode-se definido qual é o melhor ambiente para executar cada serviço, com diferentes requerimentos de segurança, ferramentas diferentes e o sistema operacional mais adequado para cada serviço. Além disso, cada máquina virtual é isolada das demais. Usando uma máquina virtual para cada serviço, a vulnerabilidade de um serviço não prejudica os demais.
  13. Confiança e disponibilidade: A falha de um software não prejudica os demais serviços. Redução do downtime.
  14. Custo: A redução de custos é possível utilizando pequenos servidores virtuais em um único servidor mais poderosos. Menos equipamentos físicos para se gerenciar, energia e refrigeração fica mais reduzido.
  15. Adaptação às diferentes cargas de trabalho: A carga de trabalho pode ser tratada de forma simples. Normalmente os softwares de virtualização realocam os recursos de hardware dinamicamente entre uma máquina virtual para a outra. Toda a máquina virtual está encapsulada, assim é fácil trocar a máquina virtual de plataforma e aumentar o seu desempenho.
  16. Suporte a aplicações legadas: Quando uma empresa decide migrar para um novo Sistema Operacional, é possível manter o sistema operacional antigo sendo executado em uma máquina virtual, o que reduz os custos com a migração. Vale ainda lembrar que a virtualização pode ser útil para aplicações que são executadas em hardware legado, que está sujeito a falhas e tem altos custos de manutenção. Com a virtualização desse hardware, é possível executar essas aplicações em hardwares mais novos, com custo de manutenção mais baixo e maior confiabilidade.
  17. Segurança: as máquinas virtuais podem ficar isoladas e independentes umas das outras, inclusive independente da máquina hospedeira.
  18. Melhor aproveitamento do espaço físico e Hardware: menos dispositivos físicos instalados maior o espaço disponível em racks. Com o compartilhamento do hardware entre as máquinas virtuais reduz-se a ociosidade do equipamento.
  19. Simulações: Com as máquinas virtuais é possível simular redes inteiras, inclusive redes heterogêneas.
  20. Pode-se utilizar sistemas operacionais que não possuam compatibilidade com o hardware, utilizando os recursos de virtualização de hardware. Possibilitando assim testes ou até mesmo economia com a compra de hardware de menor custos.
  21. Facilidade ao migrar ambientes: evita reinstalação e reconfiguração dos sistemas a serem migrados
  22. Utilização de uma VM como ambiente de desenvolvimento: possibilita testes em SO’s distintos e, por prover um ambiente isolado, evita que falhas na configuração e/ou execução, ou até mesmo vírus, danifiquem o hardware da máquina.

Contrate sempre uma empresa especializada em Nuvem:

Para qualquer dúvida sobre a Nuvem conte com a Infocomm TI.

Fale com um de nossos especialista em Nuvem . Entre em contato Aqui!

Related Post

Deixe uma resposta